Arrepio Produções
iTSITES Tecnologia
FacebookTwitterYouTube

Resenhas

Review de CD - Escarnnia: Humanity Isolated

Segunda-feira | 25 de setembro de 2017
por Diego Vinhal Murray

Escarnnia – Humanity Isolated

(2017 – Classic Metal Records)

Diretamente de Palmas/TO formada em meados de 2012, a banda que se propõe a fazer um Death Metal bastante técnico e muito bem trabalhado, lança esse ano de 2017 o seu incrível álbum de estreia intitulado “Humanity Isolated”.

Que álbum fantástico, essas são minhas palavras diante desse excelente e bem feito trabalho do “Escarnnia”, me fez lembrar de mais o “Death” do grandioso mestre “Chuck Schuldiner” na época do “Leprosy” com passagens e riffs ala “Individual Thought Patterns e Symbolic”, diante de tantos riffs e partes sensacionais desse álbum!

É de se impressionar bastante com a qualidade e técnica da banda, pois, é uma banda que faz um trampo bem técnico mas não é aquele técnico cheio de firulas chatas e sim cheio de técnicas que dão qualidade e total perfeição nas composições. Em “Humanity Isolated” temos composições onde a banda varia muito entre tempos, tempos quebrados,  ao mesmo tempo eles estão no cadenciado e vão diretamente as partes corridas em uma mudança sensacional de riffs e levadas, riffs de guitarra totalmente complexos e extraordinários de tão bem feitos que são, os caras sabem muito bem usar e executar muito bem as harmonias nos riffs de guitarra duetados e pesados, um destaque tão grande que fica até difícil de se explicar, só mesmo ouvindo e apreciando esse excelente trabalho!

Agora uma coisa que me deixou bastante de cara e super impressionado foi a semelhança com o som do “Death”, muitos podem levar ao extremismo e dizer, “que isso, esse cara exagera demais”,  “jamais isso lembrará o Death”, mas não digo que é o Death e sim percebe-se claramente a influência imensa que os caras tem da banda, pois, como eu vou falar agora, se fosse um vocal rasgado na linha do vocal do Chuck e se eu não conhecesse a banda e alguém me mostrasse a banda original e me mostrasse o Escarnnia depois dizendo que é a mesma banda de antes, ou seja, o Death,eu acreditaria fácil, fácil!

Continuando, mais um detalhe que gostei foi as linhagens de baixo do trabalho dos caras, a timbragem, os arranjos ficaram sensacionais, dando uma pegada e um peso essencial para os riffs principalmente nas passagens de duetos de guitarra e nos cadenciados. Os vocais também são muito bons, variando as vezes com gutural e urrados um pouco rasgados, bem sangue nos olhos! A produção do álbum é impecável, muito boa e muito bem mixada e masterizada, um ótimo trabalho feito por Tiago Hospede (guitarrista do Worst) no estúdio lamparina em SP.A capa do álbum foi feita por João Duarte que já trabalhou com bandas como “Torture Squad” e “Angra”. Temos aqui mais uma banda do nosso grandioso cenário underground nacional que merece um destaque e uma atenção ímpar por tamanha qualidade e profissionalismo!

 

Escarnnia é:

- Ismael Santana – Guitarra e Vocal

- Valber Sousa – Guitarra

- Natanael Dos Santos – Baixo

- Samuel Dos Santos – Bateria

FOTO: Divulgação

 

Humanity Isolated - Tracklist:

1 – Total Death

2 – Condemned To Kill

3 – Eternal Hatred

4 – Rotten Spirits

5 – Humanity Isolated

6 – A Moment Of Compassion

7 – The Evil Spell

8 – Suicidal Beliefs

9 – Suffering And Desolated

10 – Back In Time

 

Contatos:

Facebook: https://www.facebook.com/Escarnnia

Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCBtkqHiF1Lc8siKzNjfQrzQ

Soundcloud: https://soundcloud.com/bandaescarnnia

Acessoria: http://www.sanguefrioproducoes.com/artistas/ESCARNNIA/46

Compartilhe

 

Outras Resenhas

Murder Worship
© 2009-2017 - Arrepio Produções - Patos de Minas - MG
FacebookTwitterFeed RSSE-mailYouTube